Qua 09 Dez 2009

Os altos e baixos da carreira de Colin Hay

por Equipe Rockwave

Texto de: Rafael Pompeu

Colin Hay alcançou o estrelato mundial no início dos anos 80 liderando a banda australiana Men At Work. O primeiro álbum da banda, “Business As Usual”, lançado em 1981 ficou 16 semanas consecutivas em primeiro lugar na Billboard, assim como o primeiro single “Who Can It Be Now?”. Mas a música mais conhecida da banda certamente deve ser “Down Under” que se tornou praticamente um hino não oficial da Austrália.

Em 1983 a banda recebeu o Grammy como artista revelação, e lançou seu segundo álbum, “Cargo”, trazendo os sucessos “Overkill” e “It’s a Mistake”. No ano seguinte a banda começou a se desfazer e, somente com metade da formação original, lançou o terceiro álbum “Two Hearts” em 1985, sem obter o mesmo sucesso comercial dos anteriores.

Colin Hay iniciou então em 1987 sua carreira solo, lançando o álbum “Looking for Jack”, título concebido após uma breve conversa com o ator Jack Nicholson, ainda pela Sony Music, gravadora que lançou o Men At Work. Com um som muito diferente de sua antiga banda, Colin Hay não conseguiu arrebanhar um grande número de fãs e o álbum não deslanchou.

Ele saiu então da Sony Music e lançou seu segundo álbum,  “Wayfaring Sons”, em 1990 pela MCA/Universal. Novamente sem sucesso, exceto pelo Brasil, onde o single “Into My Life” foi um grande hit, o que acabou trazendo o cantor pra se apresentar no palco do Rock in Rio II em 1991.

Colin Hay acabou saindo também da MCA/Universal e começou a lançar seus álbuns de maneira independente até que em 1994 criou seu próprio selo, o “Lazy Eye Records”.

Após diversos convites de empresários brasileiros, Colin Hay se reuniu com seu ex-colega de banda Greg Ham, além de outros músicos, para tocar no nosso país sob a alcunha de Men At Work. Os shows foram tão bem sucedidos que um deles, em São Paulo, acabou resultando no único CD ao vivo da banda “Brazil ’96” (posteriormente relançado mundialmente com o título “Brazil”).

Mesmo voltando a tocar como Men At Work, Colin Hay não abandonou sua carreira solo, tendo lançado quatro álbuns num período de oito anos.

Colin Hay assinou contrato com o selo americano Compass Records, com quem tem trabalhado desde 2003, tendo lançado três novos álbuns e relançado todo seu catálogo independente desde então.

Ele também participou por duas vezes da “All Starr Band” do ex-Beatle Ringo Starr, nos anos de 2003 e 2008.

Nos últimos anos Colin Hay tem sido descoberto por um novo público devido às suas participações e a colocação de suas músicas na série de TV “Scrubs”, além de filmes como “Garden State” (Hora de Voltar), que ganhou o Grammy por sua trilha sonora.

Discografia:

1981 – Business As Usual (Men At Work)
1983 – Cargo (Men At Work)
1985 – Two Hearts (Men At Work)
1987 – Looking for Jack
1990 – Wayfaring Sons
1992 – Peaks & Valleys
1994 – Topanga
1997 – Brazil (Men At Work)
1998 – Transcendental Highway
2000 – Going Somewhere
2002 – Company of Strangers
2003 – Man @ Work
2007 – Are You Lookin’ At Me?
2009 – American Sunshine

Clique aqui e assista Colin Hay tocando algumas de suas músicas.

Rafael Pompeu, vocalista e principal compositor da banda Rockstrada. Twitter: @rafaelpompeu @rockstrada

bandas + recentes

Mais Bandas