Qua 01 Jul 2009

Entrevista com a banda Locomotrom

por Alex Araujo

"Com energia e vitalidade, a Locomotrom vem se destacando na cena independente. O quinteto de Jundiaí, interior de São Paulo, apresenta um show “up” do começo ao fim, numa performance única. O produtor artístico Daniel Bernardinelli, colaborador do Rockwave, conversou com a Locomotrom. Leia a entrevista e conheça mais sobre a banda.”

Rockwave: Por que o nome Locomotrom?

Locomotrom: Escolhemos esse nome, por ser um nome próprio, e único. Não existe outra coisa relacionada a Locomotrom que não seja a nossa banda. Locomotrom somos nós, é a nossa marca. No começo da banda foi dificil encontrar um nome, tudo ja existia, tudo era relacionado a alguma coisa, então misturamos palavras numa brincadeira, por exemplo Locomotiva, Som... e surgiu Locomotrom, que hoje virou a marca registrada da banda...  O mais interessante é que acabou surgindo um "dialeto" próprio: os fãs são os Locomofãs, o site Locomosite, tem o Locomoblog, o Locomobusão, etc.
Rockwave: Quanto tempo tem de banda? Quem toca o que na Locomotrom? Quase cinco anos, desde que ensaiamos juntos a primeira vez.  Locomotrom é: André Siqueira (vocal), Markinho Freitas (guitarra base e voz), Gabriel Guilhem (guitarra solo), Bruno Zoilo (baixo) e Richard Haddad (bateria).

Rockwave: 
O que inspira vocês?

O que nos inspira para compor e tocar, é ver a galera cantando o som, curtindo muito show. Então escrevemos músicas, com as quais nosso publico vai se identificar. Falamos do cara que curte uma garota, mas ela não dá bola, falamos do cara que faz uma garota sofrer, falamos de sonhos, dos nossos objetivos, do cotidiano, enfim.

Rockwave:
 Quem compõe as músicas?

Todos nós juntos! A gente se reúne, e ensaiamos só para fazer as músicas. A maioria das letras é escrita pelo André (vocal), mas às vezes todos colaboram pra escrever.

Rockwave:
 Qual a principal mensagem que o Locomotrom pretende levar às pessoas?
Ah, sem dúvida queremos levar algo “up”, alegre, positivista. Nossa música é pra galera pular, pra curtir mesmo e se possível ser inesquecível pra todo mundo. Queremos que se identifiquem com nosso som, com o que queremos expressar. O ideal é que a galera identifique o momento que vivem com o que estamos tocando. (risos)

Rockwave:
 Como é a receptividade da banda na internet? A divulgação é fácil ou difícil?

A divulgaçao na internet é muito legal, os videos no youtube estão bombando, temos várias comunidades no Orkut, o site oficial (www.locomotrom.com.br) tá bem bacana.

Rockwave:
 E vocês acham que a internet é o caminho?

Não sabemos se é o caminho mas é claro que a interne
t é uma ferramenta que nos ajuda muito. Estamos em todos os canais, basta digitar Locomotrom em qualquer site de busca. A divulgaçao precisa ser sempre muito forte, temos que mostrar sempre novidades pros fãs, informar dos próximos shows e tudo mais. Não dá pra estar em todos os lugares ao mesmo tempo, e na net a gente tenta trazer o fã pra perto da banda.

Rockwave:
 Falando em internet, gravadora, etc, como vocês veem hoje a venda de CD's? É importante ou só mais um produto de marketing?

A venda de CD’s hoje está bem complicada, mas acho que o fã de verdade, mesmo podendo baixar a música da internet, gosta de comprar o CD. Pra ter em casa, tem a questão do encarte, das letras, da qualidade garantida, etc. 

Rockwave:
 E qual é o lugar que vocês sonham em tocar hoje?

Ah, são tantos palcos, tantas cidades... mas a gente gostaria de subir num palco gigante e poder olhar pra baixo e ver a multidão enlouquecida, agitando o show... Quem sabe num estádio de futebol, ou numa casa de shows famosa de alguma capital... (risos)

Rockwave:
 Me falem um pouco do que já fizeram até hoje.

A gente já teve a oportunidade de dividir o palco com alguns artistas grandes como NxZero, O Rappa, Banda Eva e Inimigos da HP, tocando pra umas 20 mil pessoas nesses shows.  E também participamos de duas edições do programa “Astros”, do SBT. Da primeira vez ficamos em destaque entre os finalistas, e na segunda recebemos a aprovação dos jurados com quatro votos à favor.

Rockwave: E já tem CD gravado?

Sim, gravamos o álbum “Truque do Destino” e estamos negociando a distribuição. Por enquanto estamos divulgando o single “Máquina do Tempo” na internet, nos shows e nos canais que dão abertura pra bandas independentes.

Rockwave:
 Deixem um recado para os fãs de vocês e onde eles podem ouvir e conhecer mais da Locomotrom!

Ah, queremos agradecer muito à toda a galera que nos acompanha, que nos dá força, ao nosso fã clube que tá sempre presente e nos ajuda na divulgação do nosso trabalho. A galera que quiser conhecer pode acessar o site oficial: www.locomotrom.com.br ou digitar o nome da banda aqui no ROCKWAVE ou em qualquer site de busca que com certeza vão encontrar muita coisa sobre nós. Espero que curtam! Valeu!

Assessoria de Imprensa:    Carolina Lima | imprensa@locomotrom.com.br 
Contatos para show: Cris Praça |  [11] 7100-0379

Entrevista concedida a Daniel Bernardinelli 
+55  [11]  8125.4865 flickr.com/bernardinelli bernardinelli.blogspot.com

bandas + recentes

Mais Bandas